Número total de visualizações

Receba os posts deste blogue por email ou feed

Subscribe

Follow by Email

Há matérias que não cabem nos meus outros blogues mas que não quero que delas não se tenha conhecimento. Essas virão para aqui! O Conhecimento é a Luz da Expansão da Consciência. Ao Homem cabe o trabalho de busca, estudo e partilha para que a outros chegue essa Luz. A Inteligência alimenta a memória do cérebro animal. O Conhecimento alimenta o pensamento do cérebro humano. O Discernimento, análise inteligente do conhecimento, é a Luz da Consciência do cérebro divino que o Homem traz consigo.

[5] já por aqui passaram

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

Suas atitudes são responsáveis pelo seu destino, "Luiz Gasparetto"

Medicina do Corpo, da Alma e do Espírito

Medicina do Corpo, da Alma e do Espírito
(clique na imagem para saber mais)
* medicina transdimensional, transdisciplinar integrativa unificada.
* ações de esclarecimento e de formação para autocrescimento e defesa ontopsiconeurofisiológica consciencial (conhecer e controlar o animismo expandindo a Consciência, do Ser (Físico) ao Eu (Divino)
.

Tel (+351) 919252794

"aprenda a mover-se na 5ª Dimensão porque a 3ª está a cada dia mais intransitável e a 4ª não é lugar para se ficar."

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

[saude] - Acupunctura. Uma terapia milenar

Acupunctura(*). Uma terapia milenar(**)

É a mais célebre técnica da medicina tradicional chinesa. E apesar do ceticismo de alguns, a medicina moderna tem dado cada vez mais atenção às agulhas desta terapia milenar. A própria Organização Mundial de Saúde (OMS) aconselha-a no tratamento dos mais diversos problemas.

Através da aplicação de agulhas em pontos específicos do corpo, a acupunctura pretende reequilibrar energia, permitindo aliviar dores e curar algumas patologias. A palavra-chave aqui é energia. Antónia Mendes, acupunctora, explica-nos que, na perspetiva da medicina tradicional chinesa, "um corpo só está vivo porque circula energia no corpo. Tal como o sangue circula nas veias, a energia também circula por caminhos específicos".

Estes caminhos por onde a energia circula são os chamados meridianos. E quando tentamos contextualizá-los dentro da anatomia humana, percebemos que em alguns casos até são coincidentes com trajetos neurológicos importantes. Na prática, "nenhum meridiano acompanha somente o trajecto de um destes ligamentos, e o leva ao sistema neurológico", esclarece-nos Antónia Mendes. No entanto poderemos assumir que há milhares de anos que a acupunctura lida com determinados nervos. Muito antes de sabermos sequer que existiam nervos.

Ver o corpo como um todo

Para percebermos esta ideia de energia a circular pelo corpo é importante ter em conta a abordagem da medicina chinesa. "Se não olharmos para o todo não se descobre a origem dos sintomas", explica-nos a acupunctura. Sobre este aspecto, Antónia Mendes alerta para os riscos daquilo a que chama a "hiperespecialização". Com o desenvolvimento científico desde os tempos da Revolução Industrial, a verdade é que a medicina evoluiu até um ponto que os nossos antepassados achariam inimaginável. Atualmente podemos debruçar-nos cada vez mais sobre determinados pormenores do corpo humano e estudá-los até ao mais ínfimo pormenor.

Para a acupunctura, porém, é importante não perdermos esta noção do todo que é o corpo. Mas será que isto quer isto dizer que a medicina chinesa e a medicina moderna não poderiam estar mais afastadas uma da outra? Curiosamente, a referência que nos cita é nada mais, nada menos do que a mesma figura que dá nome ao juramento que todos os médicos fazem antes de poderem começar a exercer a sua especialidade. "Hipócrates também olhava a pessoa como um todo. A ideia é não nos determos unicamente num pormenor", diz-nos.

A medicina chinesa é um sistema que tenta encontrar soluções para todo o tipo de patologias. Tudo começa com um diagnóstico, e é em função dele que se procura atuar sobre os tais pontos da acupunctura que poderão corrigir aquilo a que os profissionais de medicina chinesa chamam de "desequilíbrio". Resumindo: faz-se um diagnóstico e depois opta-se pelo tratamento indicado.

este artigo, escrito por  Pedro F. Pina, com entrevista a Antónia Mendes, acupunctora e fitoterapeuta

pode ser lido em: http://saude.pt.msn.com/vidasaudavel/terapiascomplementares/item/162-acupunctura


- observações pessoais, 

(*) em relação a este artigo, e de um modo geral à indústria e aos serviços de saúde, que sabemos que muitas vezes são mais serviços de uma industria de doença, é BOM que se comece, doentes e profissionais, a considerar que as "energias" não "circulam" apenas no corpo físico e que quando, hoje, se fala em "corpo" há uma necessidade de conhecimento e capacidade para intervir energéticamente em corpos subtis que fazem parte do corpo holístico do Homem. Este "conhecimento" não é "nosso", como muitos estão a vendê-lo,  tem milénios e é pertence de civilizações anteriores à nossa (o facto de serem anteriores não obriga a que não tivessem sido muito mais avançadas) mas, pelas suas características foi até há poucos anos atrás mantido oculto por forças não interessadas na Evolução da nossa Humanidade. É bom saber-se que a Terra está hoje num processo sem retorno de Caminho para a Era da Verdade, da Luz, do Conhecimento; quem o quiser acompanhar tem obrigatoriamente que aceitar alterar o nível de Estado da sua Consciência porque já não há mais tempo para espera e tolerância.

(**) ... A boa e velha Acupuntura é de origem Pleiadiana, quando eles estiveram aqui há 13.000 anos, na última passagem da terra pelo cinturão de fótons.


"mesmo quando tudo corre bem, não devemos deixar de lutar pela "nossa" Saúde, Bem estar e Qualidade de vida. Estes três fatores são por demais importantes para os deixarmos à responsabilidade exclusiva de profissionais. Para além dos cuidados com o "seu" Corpo Físico, Mental e Espiritual, cuide também do "seu" CORPO de LUZ."

--

O SOL da Vida abençoa-te a cada dia.
Que nunca O percas do jeito que O procuras e Que O recebas na Capacidade do Teu Cálice.
EU SOU

Sem comentários:

Arquivo do blogue

Etiquetas

Acerca de mim

A minha foto
EU SOU um Heilpraktiker Biohumanista que ajuda e ensina a melhorar o bem-estar físico, mental, psíquico e espiritual do HOMEM, pela intervenção holística na área da saúde e da expansão da consciência, pelo autoconhecimento e autodesenvolvimento pessoal (interno e externo) para uma maior LIBERDADE do EU e AFIRMAÇÃO do SER dentro de Valores Sociais, Morais e Humanos aplicados segundo princípios da doutrina espírita de Allan Kardec. Licenciado em Sociologia Médica e Biopolítica, Bromatologia, Higiene Vital e Psicologia (1980/84)*; especializado em Osteopatia (1984/86), Acupunctura (1988/91), Medicina Ortomolecular e Eumetabólica (1999); pós-graduado em Bioética (1998); Mestre em Reiki de Expansão da Consciência à 5ªD (2007/09); Mestre em Hermetismo (esotérico e exotérico) (2009/11); terapeuta de FREQUÊNCIAS DE LUZ (terapia holistica quântica pleiadiana da 5ª Dimensão)(2011). Hoje EU SOU um Trabalhador da Luz que estuda, investiga, desenvolve e pratica ferramentas da medicina quântica do futuro, Terapias de Luz. Eu Sou Ivo, que procura ser uma consciência crística de Luz, Amor, Perdão e Paz. [* Área de intervenção-biomedicina educacional, física e espiritual, preventiva e terapêutica.]

Madeira - enxurradas de 20/02/2010 - videos de vídeo-amadores

http://tv1.rtp.pt/noticias/?t=Imagens-de-video-amadores-ilustram-a-tragedia-madeirense.rtp&headline=20&visual=9&article=320863&tm=8